(Março, 2018) Existe uma incerteza substancial sobre a prevalência de transtornos depressivos em indivíduos com TEA. Esta meta-análise resumiu quantitativamente os estudos que avaliaram a prevalência atual de transtornos depressivos unipolares em crianças, adolescentes e adultos com TEA segundo as diretrizes do guia PRISMA. Um total de 7857 artigos foram identificados por meio de 5 bases de dados (PubMed, Web of Science, PYSCInfo, CINAHL, Dissertações e Teses da ProQuest) e dois revisores independentemente selecionaram artigos e extraíram dados. Sessenta e seis artigos preencheram os critérios de inclusão.

Os resultados indicaram que a prevalência ao longo da vida foi de 14,4% (IC 95% 10,3-19,8) e 12,3% (IC 95% 9,7-15,5), respectivamente. As taxas de transtornos depressivos foram maiores entre os estudos que usaram uma entrevista padronizada para avaliar transtornos depressivos (tempo de vida = 28,5%, IC95% 20,1–38,8; atual = 15,3%, IC95% 11,0–20,9) e exigiram que os participantes relatassem por conta própria sintomas depressivos (tempo de vida = 48,6%, IC 95% 33,3-64,2; corrente = 25,9%, IC 95% 17,0-37,3). As taxas também foram maiores em estudos que incluíram participantes com maior inteligência. A prevalência ao longo da vida, mas não atual, foi positivamente associada à idade.

Em conclusão, descobriu-se que as taxas de transtornos depressivos são altas entre os indivíduos com TEA. Em comparação com indivíduos com desenvolvimento típico, os indivíduos com TEA têm quatro vezes mais chances de apresentar depressão em sua vida. Esses resultados sugerem que indivíduos com TEA devem ser regularmente selecionados e receber tratamento para depressão.

Fonte: https://link.springer.com/article/10.1007/s10802-018-0402-1

Categoria:
Artigo científico, Autismo em adulto
Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: